quinta-feira, 30 de junho de 2011

Casal Mor reserva 2008 [Portugal]


Inverno chegou de vez, mas em boa parte do país, já era possível degustar um vinho tinto encorpado desde a estação passada.
E é nessa época que os mercados explodem em festivais de queijos e vinhos. Começa o garimpo, já que é também nesse período que surgem novas importações e bons preços.
Foi nesse esquema que eu encontrei o Casal Mor. Um português honesto e que deve ser experimentado.
O que chama de cara atenção nesse vinho é que ele não é nem do Alentejo, nem Douro, nem Dão, respectivamente as regiões mais famosas da terrinha.
É um vinho da região de bairrada. Mas é um Denominação de Origem Controlada (DOC), o que lhe confere um patamar de qualidade segundo as normas portuguesas de fabricação de vinho.

Vinho de 2008. Isso já me fez esperar um vinho mais macio, maduro, de cor começando a clarear, talvez nem tanto brilho no olho, porém recompensado pelo paladar. Isso se ele tivesse potencial de guarda.
Um corte das uvas Baga (50%), Tinta Roriz, mais conhecida fora de Portugal por Tempranillo (35%) e Castelão (15%).
Álcool a 13% vol.
Nada mal, as expectativas eram as melhores.
Preço: R$ 11,70 no Mundial - RJ.

Quer melhor??

Logo de cara , ao sacar da rolha ele já deu uma perfumada no ambiente. parecia que o g~enio estava louco para sair da garrafa.
Na taça já quebrou uma de minhas fantasias, sua cor era brilhosa, escura tal qual um vinho jovem. Tá bem, não é um vinho velho, mas lá se vão 3 anos (2 e 1/2 talvez). Enfim, isso não muda em nada para mim.
Não é um vinho muito lacrimoso e nem de gotas rápidas.
Mas seu cheiro é algo incrível.
A sensação que eu tinha era de estar entrando numa madeireira. Não por ser enjoado ou forte, mas sabe aquele cheiro marcante de madeira? Não é o tal carvalho que dá cheiro de baunilha, muito longe disso. Aliás ele tem pouquíssimo disso. Mas era algo como cedro. Com chocolate, couro, cerejas negras. Delícia!

Na boca, um vinho fácil, acidez mediana, não traz a madeira do cheiro para a língua, pouco tânico. Não enjoa, satisfaz. A minha impressão era de que se ele repetisse na boca o cheiro, seria um vinho perfeito.
Retrogosto mediano.
Eu o comprarei novamente. Talvez possa ser guardado ainda por mais um ano.

3 comentários:

Okamix disse...

Estou visitando o site pela primeira vez e gostei bastante !

Já adicionei o site nos favoritos para estar acompanhando sempre as novidades !

Parabéns e Sucesso !
www.okamix.com.br

Okamix disse...

Estou visitando o site pela primeira vez e gostei bastante !

Já adicionei o site nos favoritos para estar acompanhando sempre as novidades !

Parabéns e Sucesso !
www.okamix.com.br

Okamix disse...
Este comentário foi removido pelo autor.