sexta-feira, 4 de julho de 2008

Santa Carolina carménère 2004 vale do Rapel (Chile)


Estou postando sobre esse vinho que muitos amigos enobloguistas já postaram para tirar uma dúvida que era minha e pode, por ventura, ainda ser a de alguém.

"Qual a diferença desse vinho para o reservado da mesma marca?"

O local do cultivo das uvas. Só! Se alguém souber mais alguma peculiaridade, por favor, coloque aqui.

Comprei o 2004 pois, como já disse, diziam ser a melhor safra da uva. Mas hoje, já não sei se esse vinho já não passou do ápice de sua forma.

Enquanto o reservado contenta-se em dizer ao consumidor que é do vale central, algo bastante generalizado tendo em vista que este é sub-dividido em alguns outros, este vem com essa denominação. Aliás, todos que têm esse rótulo, sejam da uva que for, são do Rapel.

No copo, cor já empalidecendo, aromas enfraquecidos, madeira. Um vinho que não se "lança" muito até você. Se deixar ele muito tempo aberto, perde fácilmente suas já poucas propriedades.

Na boca, não é diferente. Sabores tímidos daquilo que foi sentido antes pelo olfato.

"Qual é melhor, o reservado ou esse?"
Na boa, são exatamente iguais pelo menos pelas amostras que já passaram pelas minhas mãos. O preço deste costuma ser uma pouco mais caro que o outro (R$ 15,00 contra R$13,00). Mas gaste seus caraminguás para outra coisa na mesma faixa.

2 comentários:

Colheita de Vinhos disse...

Olá !

Achei este um pouco melhor que o reservado.
Mas como você disse, este dinheiro pode ser gasto melhor em outro vinho ...

Saúde!

Guilherme - Colheita de Vinhos

Avaliador de Vinhos disse...

Concordo com Guilherme: pouquito melhor que o reservado. Mas não vale o merréis que se despende por ele.